MPC não questionou nomeações de parentes por 16 anos na PMJP; que teria mudado no TCE?

 Nos últimos 16 anos, todos os prefeitos eleitos de João Pessoa tiveram parentes nomeados em cargos de 1º escalão. O assunto jamais foi assunto sequer de rodapé das colunas pelo simples fato de ser uma conduta absolutamente legal, com várias decisões do STF corroborando o entendimento de que a medida não configura nepotismo.

Para que se tenha uma ideia, o ex-prefeito e ex-governador, Ricardo Coutinho (PT), teve o irmão nomeado para a EMLUR, já Luciano Cartaxo nomeou seu irmão, Lucélio Cartaxo, como secretário chefe de gabinete. Sua cunhada, Edilma Freire, era secretária de Educação e em nenhuma das situações ninguém disse nada. O Ministério Público de Contas nunca mandou sequer notificar ninguém.

Sabendo que não existiu mudança na Lei do nepotismo fica a dúvida: qual a motivação do MPC para questionar a nomeação de Janine Lucena como secretária Executiva de Saúde? Seria o fato de ser filha do maior aliado de João Azevêdo e o presidente do TCE ser tio de um dos pré-candidatos da oposição? Não! Jamais a nobre Corte de Contas, ainda mais o Ministério Público sofreria qualquer influência da disputa eleitoral. Certamente não passa de uma grande coincidência…

Fatopb

Postar um comentário

0 Comentários